Viagem com ostomia_ 4 dicas para quem vai acampar nessas férias

Viagem com ostomia: 4 dicas para quem vai acampar nessas férias

É comum pessoas com ostomia ficarem receosas de se divertir, especialmente quando o quadro é recente. Mas realizar uma viagem com ostomia é mais tranquilo do que você imagina.

Pessoas que têm uma ostomia recente costumam ficar receosas quanto às viagens, com medo de se expor ao calor ou ao frio, de molhar a bolsa em atividades aquáticas, ou outras situações.

Porém, não há qualquer impedimento para que uma pessoa com ostomia faça uma viagem. Existem muitas opções de passeios, absolutamente acessíveis, para os ostomizados.

Pessoas com uma ostomia podem viajar de avião, de ônibus, de trem, etc. Mas, claro, sempre com uma liberação médica, afinal, cada quadro tem suas particularidades, e é sempre o médico a melhor pessoa para avaliar os riscos e possibilidades. Viajar, de qualquer forma, sempre é uma ótima opção de lazer. Mas existem restrições? Por exemplo, a pessoa com ostomia pode se aventurar em um acampamento?

Uma pessoa com ostomia pode acampar?

Aqui a resposta depende da infra-estrutura envolvida. Se a pessoa decide acampar num clube de acampamento, com luz elétrica, sinal de celular, acesso a rodovias, água encanada, banheiro, etc., não há qualquer restrição. A hospedagem é semelhante a estar num hotel, só que mais rústico!

Por outro lado, se a decisão for por praticar o camping selvagem, isto é, em locais remotos, sob influência de condições mais extremas (umidade, temperatura, falta de estrutura de apoio, acesso difícil, etc.) é preciso pensar com cuidado…

Mas, sim, o ostomizado pode acampar. Obviamente, existem alguns cuidados, essenciais para não estragar a viagem, a serem lembrados: alimentação, hidratação, higiene, entre outros. Mas é importante ter em mente que a ostomia não deve atrapalhar, em hipótese nenhuma, a diversão. A seguir, você verá algumas dicas de viagem para pessoas pretendem acampar com colostomia.

Bagagem: o que levar para uma viagem com ostomia?

Esse é um ponto que merece atenção especial. Afinal, há itens imprescindíveis para pessoas com ostomia.

Em uma viagem, especialmente em um acampamento, os serviços básicos, como farmácias ou postos de saúde, tendem a ser de acesso mais difícil. O camping, tanto em clubes quanto selvagem, costuma acontecer em locais mais distantes. E é para ser assim mesmo, afinal esse é um dos encantos de acampar.

Todavia, preparar a bagagem para pessoas ostomizadas que irão viajar para locais mais remotos pede atenção redobrada. É importante garantir que se tenha material suficiente para durar a viagem toda. Por isso, recomendamos programar quantidades extras de todos os insumos, afinal, precaução nunca é demais.

Ainda que não seja necessária a troca de bolsa, é imprescindível levar quantidade extra, visto que acidentes podem acontecer, tais como aumento nos movimentos intestinais.

Durante o trajeto, no carro, no barco ou no ônibus, é essencial trazer os produtos necessários em uma bolsa que esteja sempre à mão, caso ocorra algum imprevisto. É também importante que as bagagens com os produtos de cuidado com a ostomia fiquem em locais mais frescos, para melhor conservação. Então lembre-se de evitar guarda-los a temperaturas elevadas, em locais tais como o porta-malas de um veículo que esteja sob o sol, por exemplo.

Cuidados com a alimentação em sua viagem com ostomia:

Quem tem uma ostomia já sabe que a alimentação é um assunto importantíssimo, que requer cautela e planeamento. O ideal é evitar alimentos laxativos, isto é, que ocasionem diarreia (por exemplo: mamão, maçã, ameixa, vegetais folhosos, aveia, farelos, etc.).

Além disso, é interessante manter o hábito de se alimentar de 3 em 3 horas (algo como 5 ou 6 refeições por dia), uma vez que essa rotina ajuda a regular o funcionamento do intestino.

Outros alimentos, que aumentam a formação de gases no intestino, como peixe, repolho, ovo e cebola, devem ser evitados, uma vez que podem causar desconforto.

Agora, uma parte interessante de qualquer viagem é conhecer comidas novas. E agora? Como conciliar esse aspecto da aventura com os cuidados que a ostomia pede?

No caso de provar algum alimento que não seja usual na dieta, o ideal é consumir esse alimento em pequena quantidade. Se for bem tolerado, ótimo. Caso contrário, será mais fácil se recuperar do desconforto.

Precaução com a água a ser digerida

Outro ponto super importante diz respeito à hidratação. E, aqui, há dois aspectos a se considerar.

O primeiro, você já sabe, é a quantidade de água que a pessoa com ostomia precisa ingerir: de 2 a 2,5 litros de líquidos (água, sucos, chás) por dia. A necessidade de transportar ou tratar essa quantidade de água deve ser considerada no planejamento do acampamento, é claro!

Além desse, há outro aspecto: o cuidado com a água que se ingere é fundamental, uma vez que a água quando não bem tratada pode ocasionar diarreia, entre outros problemas. O ideal é sempre beber água mineral engarrafada ou, não estando disponível, água filtrada e fervida.

Pode mergulhar, entrar na água, tomar banho de mar, de lago, de rio?

Sim, mas com prudência…

Pessoas que têm uma ostomia recente às vezes hesitam em participar de atividades que envolvam entrar na água. Existem acampamentos em praias ou rios, e no caso dos lugares de clima mais quente, um bom mergulho é um prazer e tanto, não é mesmo?

Não há qualquer impedimento para que a pessoa ostomizada entre na água. Com os produtos e acessórios adequados, não existe nenhuma contraindicação para realizar tal atividade.

Há algumas providências inteligentes a se tomar, de qualquer forma. Por exemplo, esvaziar a bolsa antes de mergulhar é importantíssimo. O ideal, também, é ter trocado a placa nas últimas 12 horas antes de mergulhar, a fim de garantir a máxima função do adesivo. Utilizar um equipamento com filtro também é importante, uma vez que ele ajuda a impedir a água de entrar na bolsa.

Tomando essas precauções a diversão é garantida e ninguém passa calor.

Animou? Quer dicas para viagem com ostomia para acampar no Brasil?

No Brasil, não faltam lugares para acampar. São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e muitos outros destinos nacionais têm diversos lugares para você que depois dessas informações está animado para curtir com os amigos e a familia.

Você já ouvir falar no Morro do Sabó em São Roque – SP?

Imagem: Viajanet

Localizado em São Roque, cidade turística do interior de SP, o Morro do Saboó não decepciona quando o assunto é acampar e entrar em contato com a natureza. A subida até o ponto mais alto pode ser um pouco cansativa. Entretanto, a vista lá de cima é recompensadora – é possível admirar a cidade e a natureza que a envolve.

Conheça a lista completa dos **30 lugares para acampar no Brasil** elaborada pelo blog do ViajaNet.

Informação segura e confiável deve ser divulgada!

Compartilhe com seus amigos! Basta clicar nos botões a seguir.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Imprimir
Email
Quem tem uma ostomia pode ter uma vida completa e feliz

Cadastre-se

receba gratuitamente informações atuais e relevantes para ajudar você a cuidar melhor da ostomia

Subscription Form_O+

2023 Ostomais® | Todos os Direitos Reservados