8 perguntas e respostas sobre o AVC

1. O que é um AVC?

AVC é uma sigla que significa Acidente Vascular Cerebral. O AVC, também conhecido como derrame, ocorre quando o fluxo sanguíneo para o cérebro é interrompido.

Então, quando ocorre um derrame, as células cerebrais na área afetada começam a morrer porque não recebem mais o oxigênio e os nutrientes de que precisam para sobreviver e funcionar.

2. Quais são os tipos de AVC?

Um AVC pode ocorrer de duas formas. Em um acidente vascular cerebral isquêmico, um coágulo sanguíneo bloqueia ou obstrui uma artéria no cérebro. Cerca de 80% de todos os AVCs são isquêmicos. Em um acidente vascular cerebral hemorrágico, um vaso sanguíneo no cérebro se rompe e sangra no cérebro. Cerca de 20% dos acidentes vasculares cerebrais são hemorrágicos.

3. Quais são os sintomas do AVC?

Os sintomas de AVC têm início súbito:

  • Confusão repentina ou dificuldade para falar ou entender
  • Dormência repentina ou fraqueza do rosto, braço ou perna – especialmente em um lado do corpo
  • Dificuldade repentina para enxergar em um ou ambos os olhos
  • Dor de cabeça intensa e repentina, que pode se acompanhar de vômitos ou sonolência, sem causa conhecida
  • Súbita dificuldade para andar, tontura, perda de equilíbrio ou coordenação.

4. Por que algumas vítimas não conseguem identificar os sintomas do AVC?

Quando a própria pessoa é acometida, é comum ela não perceber seus próprios sintomas corretamente, afinal a confusão mental é um sintoma comum. Para alguém que está próximo, um paciente com AVC pode estar inconsciente ou confuso.

A melhor chance de uma vítima de derrame é se alguém ao seu redor reconhecer o derrame e agir rapidamente.

5. O que fazer se estiver próximo de alguém que pode estar tendo um AVC?

As pessoas próximas devem conhecer os sinais e agir a tempo. Se você acha que alguém está tendo um derrame – se perder a capacidade de falar, ou mover um braço ou perna de um lado, ou experimentar paralisia facial de um lado – procure ajuda médica imediatamente. O AVC é uma emergência médica. O tratamento imediato pode salvar a vida de alguém e aumentar suas chances de reabilitação e recuperação bem-sucedidas.

6. Por que há uma necessidade de agir rápido?

Os acidentes vasculares cerebrais isquêmicos, que são os mais comuns, podem ser tratados com uma droga chamada t-PA, que dissolve os coágulos que obstruem as artérias.

A janela de tempo para usar t-PA para tratar pacientes com AVC é de 3 horas, mas para serem avaliados e receberem tratamento, os pacientes precisam chegar ao hospital em até 60 minutos.

Uma pesquisa médica indicou que pacientes com AVC que receberam t-PA dentro de 3 horas após o início dos sintomas tinham pelo menos 30% mais chances de se recuperar com pouca ou nenhuma incapacidade após 90 dias, do que os pacientes do placebo.

7. Quais são os fatores de risco para AVC?

Existem algumas medidas que você pode tomar para prevenir o AVC. A hipertensão arterial aumenta o risco de acidente vascular cerebral de quatro a seis vezes. A doença cardíaca, especialmente uma condição conhecida como fibrilação atrial ou FA, pode dobrar o risco de AVC. Seu risco também é maior se você fuma, tem diabetes, colesterol alto, anemia falciforme ou histórico familiar de derrame.

8. O que você pode fazer para reduzir o risco de AVC?

Para reduzir o risco de derrame, controle sua pressão arterial, seu nível de colesterol, pare de fumar, faça exercícios regularmente e converse com seu médico para saber se você deve tomar um medicamento para reduzir a coagulação do sangue.


Informação segura e confiável deve ser divulgada!

Compartilhe com seus amigos! Basta clicar nos botões a seguir.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Imprimir
Email
Seu guia semanal para uma vida mais saudável

Cadastre-se

receba gratuitamente informações atuais e relevantes para ajudar você a cuidar melhor da sua saúde

Subscription Form_SL
2023 Salute Blog® | Todos os Direitos Reservados