10 dicas de alimentação saudável para idosos

O Brasil está envelhecendo… e rápido. Os avanços da tecnologia médica e as melhores condições de vida (maior acesso a serviços médicos, melhor cobertura de saneamento básico e maior renda) têm feito um número cada vez maior de pessoas viver por mais tempo. Para se ter uma ideia, os idosos já são quase 30 milhões de pessoas no Brasil (15% da população). Segundo o IBGE, a expectativa de vida em nosso país já supera os 77 anos!

É claro que, à medida que cresce o número do idosos no Brasil, aumentam também as necessidades de cuidados e proteção às pessoas dessa faixa etária. E, entre todas as preocupações que temos com essa população, uma nos toca em especial – os cuidados com a saúde e a alimentação. Dois assuntos super importantes!

Nesse sentido, o Ministério da Saúde revisou recentemente o seu guia de alimentação saudável para idosos e, por isso, vamos apresentar os principais pontos desse documento. São 10 dicas simples, mas muito valiosas, no sentido de prevenir a desnutrição e ajudar a manter a saúde das pessoas idosas. Confira:

  1. A pessoa deve fazer três grandes refeições ao dia – o café, o almoço e o jantar. Sempre com alimentos frescos e saudáveis, de preferência em locais limpos e tranquilos. Caso sinta a necessidade, a pessoa pode fazer outras refeições, menores, entre as três principais.
  2. O cardápio deve priorizar alimentos naturais, e grãos integrais. Alimentos como arroz, milho, batata e mandioca são fontes importantes de energia e, por isso, devem ser a base da alimentação.
  3. Legumes, verduras e frutas são ricos em vitaminas, minerais e fibras. Por esse motivo, devem ser consumidos todos os dias. As fibras são muito importantes para ajudar no bom funcionamento do intestino, prevenindo um problema comum entre os mais velhos, que é a constipação, ou “intestino preso”.
  4. A dupla mais famosa do Brasil, o feijão com arroz, é uma combinação saudável e nutritiva, e pode ser usada como a base para a alimentação. A principal indicação é que sejam consumidos no almoço e no jantar. Se você puder, dê preferência ao arroz integral e escolha um dos muitos feijões (preto, manteiga, carioquinha, verde, de corda, branco etc.) ou leguminosas, como soja, grão-de-bico, ervilha, lentilha ou fava.
  5. Carnes, aves, peixes, ovos e leite são as fontes de proteína mais importantes. Além da proteína, esses alimentos são ricos em cálcio e outros minerais. Por isso, devem ser consumidos todos os dias, no mínimo em uma das grandes refeições.
  6. Cuidado com as gorduras. Retire a gordura aparente das carnes e a pele das aves e procure usar uma pequena quantidade de óleo ou gordura para preparar os alimentos. Além disso, lembre-se de manter o uso de sal e açúcar na menor quantidade possível, quando estiver cozinhando.
  7. Procure ingerir líquidos o dia todo, mesmo se não estiver com sede, principalmente nos dias mais quentes. De preferência, beba água. E lembre-se de evitar as bebidas açucaradas como refrigerantes e sucos industrializados – eles não são substitutos para a água que você deve beber.
  8. Existem alguns alimentos que você deve evitar. Se for ingeri-los, que seja uma vez ou outra, apenas:
    • bebidas açucaradas, como refrigerantes, sucos e chás industrializados
    • produtos ultraprocessados, como biscoitos recheados, guloseimas, ‘salgadinhos’
    • sopa e macarrão ‘instantâneos’
    • ‘tempero pronto’
    • embutidos, como presunto, mortadela, salame e salsicha
    • alimentos prontos para aquecer
  9. Aprenda a ler os rótulos dos alimentos industrializados. Assim, você começa a entender como cada um deles pode afetar a sua saúde: a quantidade de sal, de açúcares, de gordura saturada etc.
  10. Se você puder, faça as suas refeições acompanhado. Ter alguém com você enquanto você se alimenta melhora a atenção com os alimentos, aumenta o prazer da refeição e ajuda o apetite.

Informação segura e confiável deve ser divulgada!

Compartilhe com seus amigos! Basta clicar nos botões a seguir.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Imprimir
Email
Seu guia semanal para uma vida mais saudável

Cadastre-se

receba gratuitamente informações atuais e relevantes para ajudar você a cuidar melhor da sua saúde

Subscription Form_SL
2023 Salute Blog® | Todos os Direitos Reservados